Por que é tão difícil encontrar profissionais realmente qualificados em TI?

Por que é tão difícil encontrar profissionais realmente qualificados em TI?: "
Você conhece o termo CHA
(conhecimento-habilidade-atitude)? Neste artigo, falarei sobre a falta de mão-de-obra qualificada em TI sob o prisma do CHA, sigla que significa conhecimento, habilidade e atitude. A sigla é comumente utilizada na psicologia para descrever as competências necessárias de um empregado para a realização de sua atividade profissional.

E por que é tão difícil encontrar um profissional com essas características em TI? Será que eles realmente não existem ou são as empresas que não ajudam em nada no desenvolvimento das três habilidades?

O CHA


De acordo com o site RH.com.br, CHA é uma sigla que significa:

  • C = Saber (conhecimentos adquiridos no decorrer da vida, nas escolas, universidades, cursos etc)
  • H = Saber fazer (todo o conhecimento que praticamos aperfeiçoado à habilidade)
  • A = Querer fazer (comportamentos que temos diante de situações do nosso cotidiano e das tarefas que desenvolvemos no nosso dia-a-dia)
Traçando um paralelo com a área de TI, podemos exemplificar a sigla da seguinte forma: a certificação java adquirida pelo profissional alimentaria o C. Porém, existem profissionais que têm muito conhecimento, mas não sabem aplicá-lo. Logo, a capacidade de aplicação prática de um determinado conhecimento seria o H. Já o A, seria a pró-atividade do colaborador e sua capacidade de resolver um problema diante de um stress, por exemplo.


Mas, afinal, o que o CHA tem a ver com TI?


Ora, trabalhamos em uma área onde as competências técnicas são imensamente reconhecidas pelo mercado de trabalho. Já as demais competências (HA), muitas das vezes, são esquecidas.
Quantas vezes já nos deparamos com uma entrevista de emprego onde somente o nosso conhecimento técnico é avaliado? Quantas vezes você já se deparou com um colega de trabalho que sabe muita teoria, mas não consegue aplicar essa teoria na prática para a geração de resultados para a empresa?


Algo está errado...



... e precisa ser modificado. Na TI, é comum o famoso QI (Quem Indica). O QI sem dúvida nenhuma é muito útil, principalmente porque representa uma boa referência sobre o profissional a ser contratado. Porém, ele não pode substituir os critérios de seleção tradicionais, pois são eles quem conseguem determinar a capacidade de um candidato em utilizar o H (Habilidades) e A (Atitudes).


É necessário que as empresas estejam atentas à necessidade de contrataram e avaliarem seus profissionais não só pelos conhecimentos que eles trazem em suas bagagens mas, sobretudo, as habilidades que possuem e suas atitudes para que tais conhecimentos agreguem valor no dia-a-dia.


Na área de psicologia, sei que existem diversos testes utilizados na seleção de profissionais que conseguem identificar (ou pelo menos ajudam) as características do profissional quanto ao H (habilidades) e A (atitudes). Se você é um profissional da área psicológica e gostaria de complementar este artigo, fique à vontade!


E você, profissional de TI, tem suas habilidades desenvolvidas? Sua empresa ajuda no desenvolvimento de todas, ou apenas o C - seu conhecimento técnico - é exigido? E o que você acha disso? Comente, também!
"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário: